OBRA

 

RUMOR BRANCO, romance
1.ª ed.: Lisboa, Portugália Editora, 1962
Prémio Revelação de Romance da Sociedade Portuguesa de Escritores
5.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Vergílio Ferreira, 2012


 

A PAIXÃO, romance
1.ª ed.: Lisboa, Portugália Editora, 1965
12.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Óscar Lopes, 2013
Edição brasileira: São Paulo, CosacNaify, 2014
Tradução alemã: Frankfurt, S. Fischer Verlag, 1968
Tradução francesa: Paris, Gallimard, 1969
Tradução holandesa: Baarn, De Prom, 1991
Tradução italiana: Florença, Passigli, 1998
Tradução sueca: Uppsala, Almaviva, 2009
Tradução romena: Bucareste, Editura Vivaldi, 2015
Tradução dinamarquesa: Copenhaga, Jensen & Dalgaard, 2017


 

CORTES, romance
1.ª ed.: Lisboa, Publicações Dom Quixote, 1978
Prémio Aquilino Ribeiro da Academia das Ciências de Lisboa
5.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Manuel Gusmão, 2013
Edição brasileira: Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1991
Tradução sueca: Estocolmo, Norstedts, 1980
Tradução parcial alemã: Fragmente einer Biographie, Berlim, LCB, 1980
Tradução francesa: Paris, Belfond, 1989
Tradução italiana: Florença, Passigli, 2005


 

LUSITÂNIA, romance
1.ª ed.: Lisboa, Edições 70, 1980
Prémio Dom Dinis da Fundação Casa de Mateus
7.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Luís de Sousa Rebelo, 2014
Edição brasileira: São Paulo, Difel, 1986
Tradução parcial alemã: Fragmente einer Biographie, Berlim, LCB, 1980
Tradução sueca: Estocolmo, Norstedts, 1982
Tradução espanhola: Madrid, Alfaguara, 1985
Tradução grega: Atenas, Medusa, 1990
Tradução francesa: Paris, Belfond, 1991
Tradução italiana: Florença, Passigli, 2006
Tradução sérvia: Belgrado, Geopoetika Publishing, 2011


 

OS PASSEIOS DO SONHADOR SOLITÁRIO, conto
1.ª ed.: Lisboa, Contexto Editora, 1982
Edição com conto e libreto: Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2011
Edição brasileira: Curitiba, Arte e Letra, 2015
Traduções italianas: Milão, Linea d’Ombra, 1983; Nardò, Besa Editrice, 2004 (inclui À Hora do Fecho e Vanitas)
Tradução húngara: Budapeste, Európa, 1985
Tradução alemã: Freiburg, Beck & Gluckler, 1988
Tradução francesa: Paris, Revue des Deux Mondes, 1994
Tradução holandesa: Amsterdão, Bunker Hill, Uitgeverij Thomas Rap, 1999
Tradução sueca: Uppsala, Almaviva, 2001
Tradução espanhola: Madrid, La Umbría y La Solana, 2017 (inclui Vanitas)


 

CAVALEIRO ANDANTE, romance
1.ª ed.: Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1983
Prémio Originais de Ficção da Associação Portuguesa de Escritores
6.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Eduardo Lourenço, 2015
Edição brasileira: Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1987
Tradução francesa: Paris, Belfond, 1986
Tradução búlgara: Sófia, Editora Karina M., 2011


 

DO POETA-PINTOR AO PINTOR-POETA, ensaio
in Mário Botas, Spleen, Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988
Tradução francesa: Paris, Fondation Calouste Gulbenkian, 1989


 

O CONQUISTADOR, romance
1.ª ed.: Lisboa, Editorial Caminho, 1990
4.ª ed.: Lisboa, Assírio & Alvim, prefácio de Pedro Eiras, 2017
Edição brasileira: Rio de Janeiro, Rocco, 1993
Tradução francesa: Paris, Belfond, 1992
Tradução húngara: Budapeste, Íbisz, 1995
Tradução holandesa: Amsterdão, Meulenhoff, 1997
Tradução espanhola: Barcelona, Tusquets, 1997
Tradução italiana: Nardò, Besa Editrice, 2004
Tradução romena: Bucareste, Editura Art, 2008
Tradução dinamarquesa: Copenhaga, Forlaget Ørby, 2009


 

VOZES DA PAIXÃO, teatro
Lisboa, Editorial Caminho, 1998

 

A REVIRAVOLTA, teatro
Lisboa, Editorial Caminho, 1999

 

À HORA DO FECHO, teatro
in Retratos de Eça de Queirós, Tormes, Fundação Eça de Queiroz / Porto, Campo das Letras, 2000
Tradução sueca: Uppsala, Almaviva, 2001
Tradução italiana: Nardò, Besa Editrice, 2008


 

VANITAS. 51, AVENUE D’IÉNA, conto
in Colóquio/Letras, n.º 140/141, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, abril 1996
2.ª ed., aumentada: Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, prefácio de Eduardo Lourenço, 2007
Tradução francesa: Paris, Éditions Métailié, 2000
Tradução sueca: Uppsala, Almaviva, 2001
Tradução inglesa: Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2007
Tradução romena: Bucareste, Editura Vivaldi, 2007
Tradução italiana: Nardò, Besa Editrice, 2008
Tradução espanhola: Gijón, Trea, 2009
Tradução dinamarquesa: Copenhaga, Forlaget Ørby, 2015


 

O MURMÚRIO DO MUNDO (A Índia Revisitada), narrativa de viagem
1.ª ed.: Lisboa, Tinta-da-China, prefácio de Eduardo Lourenço, 2012
4.ª ed.: ibidem, 2016
Edição brasileira: Rio de Janeiro, Tinta-da-China Brasil, 2013